Casando de Maneira Alienada
19 de dezembro de 2016
Amor
19 de dezembro de 2016
Exibir Todos

Casamento Fundado Sobre a Liberdade de Pensamento

Mulher: Casarei.
Sujeito: Por que?

M: Amo João.
S: Por que?

M: Conheço-o, tenho uma boa noção de como pensa no dia a dia e em situações difíceis, tenho relativamente claro também os por quês ele me quer, então uma certa idéia do que posso esperar dele. Portanto, confio, quero tecer a minha vida com ele.
S: Conheces a si o suficiente para ter uma razoável idéia sobre a possibilidade de seus sentimentos permanecerem?

M: Como indivíduo livre, decido de maneira lúcida quais relações estabelecer na minha vida. Com uma relativa constância repenso as minhas direções da maneira mais clara disponível em determinado momento, caso necessário, altero o meu rumo, não sem dor nem sofrimento muitas vezes, mas sempre com a intenção de bem e nobremente viver, sendo essas noções por mim concebidas, com ou sem auxílio de outros pensadores.

Bayard Galvão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *